Curtas
Trail das 3 Virgens, no próximo dia 24, com partida de Serzedelo
«O Verde a Preto e Branco» na Colecção de Fotografia da Muralha, no Guimarãeshopping. Até 3 de Novembro
Facebook Twitter Google + YouTube
Portugal nasceu em S. Mamede. Conheça a história do 24 de Junho de 1128

Portugal nasceu em S. Mamede. Conheça a história do 24 de Junho de 1128

Sociedade24 de Junho, 2014 15:26

A batalha de S. Mamede marcou o início de um país que se desmembrou do Reino de Leão a 24 de Junho de 1128.

O Condado Portucalense foi oferecido ao conde francês D. Henrique, como recompensa por ter ajudado Leão e Castela a combater os mouros desde as Astúrias. Entretanto, apaixona-se por D. Teresa, fidalga, mulher bonita e desembaraçada, de quem teve um filho, Afonso Henriques.

O conde morre em 1114, deixando viúva a jovem D. Teresa. O pequenino Afonso Henriques teria então cerca de três anos. D. Teresa continuou a comandar as tropas do marido com o intuito da independência, mas algum tempo depois não resiste aos encantos de um galego. Conquistando o coração da mãe daquele que viria a ser o nosso primeiro rei, Fernão Peres de Trava tornou-se na principal figura do Condado, chegando mesmo a tomar decisões sem consultar a infanta. Atitudes que não agradavam aos fidalgos do Condado, e muito menos ao pequeno Afonso Henriques, descrito como um «levado da breca, esperto com um alho, valente como o seu pai, e que fora educado por um fidalgo às direitas, Egas Moniz».

Tendo tomado conhecimento que uma rebelião estaria a levantar-se, o rei de Leão, D. Afonso VII, veio a Portugal para obrigar a "infanta-rainha" - assim lhe chamavam! - o filho, fidalgos e todo o povo a reconhecer a sua soberania. Numa atitude de defesa e antecipando a oportunidade, Egas Moniz vai ao encontro de D. Afonso VII no sentido de lhe garantir que fará o pequeno Afonso reconhecer o domínio de Leão. Mais descansado, D. Afonso VII volta para casa. Mas D. Afonso Henriques, livre do primo, pediu à mãe que fizesse o favor de lhe dar o governo a ele, que sempre era mais "português" que o conde de Trava. Por sua vez, o galego não gostou do rival e disse à rainha que tivesse o filho sob rédea curta.

O braço de ferro ficou decidido em 24 de Junho de 1128, na Batalha de S. Mamede. Afonso teria 16 anos. Uma batalha pequena, à entrada de Guimarães, mas que significou o início da portugalidade. Vendo o seu pequeno exército derrotado, o conde galego, fiel a Leão, foge e leva consigo D. Teresa. A promessa de Egas Moniz ao rei de Leão, D. Afonso VII, encontra-se quebrada há mais de 900 anos. Passam os séculos, mas perduram as dúvidas sobre o local onde se travou o conflito bélico. O Campo de S. Mamede, a Veiga de Creixomil o Campo da Ataca têm sido os locais apontados como prováveis palcos da Batalha.

Os historiadores dividem-se, embora o Campo da Ataca seja o terreno que mais consenso reúne em torno da comunidade científica. Contudo, o conhecido historiador José Hermano saraiva afirma que a Batalha de S. Mamede ter-se-á desenrolado junto a uma ponte romana sobre o Rio Selho, na Pisca, em Creixomil.

Vídeos recentesver tudo

Rádio Santiago em Direto

Cantinho do Puff

Farmácias de Serviço

Guimarães

Farmácia Paula Martins (Permanente)
Rua Teixeira Pascoais, 71-B

Vizela

Farmácia São Miguel (Disponibilidade)
Rua Dr. Abílio Torres, 442

As nossas publicações

Desenvolvido por 1000 Empresas

Contactos

Edifício Santiago
Rua Dr. José Sampaio n.º 264
4810-275 Guimarães
Tel.: 253 421 700
Email: geral@guimaraesdigital.com